24
Jan
15

Mudanças na Sub Secretaria Geral das Com. Brasileiras no Exterior

O Embaixador Sergio Danesi alcançou um dos mais importantes postos da carreira diplomática. Foi nomeado secretário geral do Itamaraty. Ele passa agora a ser a pessoa de comando e prestígio estando logo abaixo do ministro das relações exteriores, embaixador Mauro Vieira.
Diplomata de prestígio, Danesi comandou a Sub Secretaria das Comunidades Brasileiras no Exterior até ha alguns dias, quando recebeu o convite do Ministro embaixador Mauro Vieira, o qual aceitou de imediato.
Definitivamente a secretaria geral das comunidades brasileiras no exterior é um órgão de destaque dentro da hierárquia do Itamaraty, tanto que levou seu secretário a uma posição altamente de destaque dentro do ministério.
Possivelmente o novo SG também estará levando sua esposa, Angela Danesi, para o seu novo gabinete, assim como fez quando comandava a Sub Secretaria. Enquanto isso, assume o seu antigo posto, o embaixador Carlos Alberto Simas Guimarães que terá a árdua missão de dialogar com os brasileiros no exterior e toda a complexidade de interesses que envolvem ambos os lados, governo e comunidade.
SGEB-3-490x338[1]
Embaixador Simas Guimarães
04
Jan
15

A Secretaria Geral da Presidência finalmente será bem administrada

Miguel_Rossetto
A SGP agora sobre o comando do Cientísta Político e sindicalista Miguel Rossetto terá uma nova dinâmica de diálogo junto aos movimentos sociais.

Ex vice governador do Rio Grande do Sul, na gestão de Olivo Dutra, ex Ministro do Desenvolvimento Agrário, ainda quando Lula era presidente, ex diretor de Biodisel na Petrobras,novamente ministro do Desenvolvimento Agrário já no governo Dilma, e em seguida, a pedido da própria presidenta, licenciou-se do cargo para assumir a coordenação de campanha da reeleição.

Rossetto dispõe de muita credibilidade junto a presidenta, a qual reconhece a competência administrativa, empreendedora e de articulação do novo ministro. Ganhando assim um espaço de destaque e credibilidade, a Secretaria Geral da Presidência ganha um gestor a altura e os movimentos sociais, com certeza um aliado.

Mesmo assim, não será um início fácil, como é esperado, pois o antecessor Gilberto Carvalho em quatro anos, “esburacou” o caminho entre os Movimentos Sociais e a presidência. Foram 4 anos perdidos em que a presidenta Dilma perdeu muito, pois quem deveria estar estar construindo um diálogo amplo e democrático não o fez. Tavez por sua inexperiência por nunca ter tido um cargo a esta altura, talvez por sua equipe não está preparada para essa tarefa. Diga-se aqui que o Secretário Executivo Diogo de Sant’Ana foi o pior neste posto. Com excessão de Rogério Sotilli (seu antecessor)que desempenhou perfeitamente suas funções até deixar o cargo para assumir a SDH da prefeitura de São Paulo.

Portanto, Miguel Rossetto vem em uma boa hora para arrumar a casa e reorganizar uma equipe de trabalho a altura, que venha atender as demandas dos Movimentos Sociais do povo brasileiro no Brasil e no exterior.

GilbertoCarvalho

02
Jan
15

O que achamos do time que Dilma montou para o seu segundo mandato

Cultura – Juca Ferreira (PT): ex-ministro de Lula, é secretário municipal de Cultura de São Paulo
Acertou. Sociólogo ligado a área já demonstrou sua abilidade e carisma com a questão da cultura.
Transportes – Antonio Carlos Rodrigues (PR): secretário-geral do PR, vai assumir uma das pastas mais cobiçadas.
Errou. O PR já tem uma má fama neste ministério e pode continuar a fazer o que já está acostumado a fazer nesta pasta. Este é um ministério de um orçamento bilionário e que vem sendo a muito tempo mau administrado.
Integração – Gilberto Occhi (PP): é considerado quadro “técnico” do PP.
Acertou. Mas vai ter que mostrar bem mais desenvoltura agora e dinamismo num período de restruturação da economia.
Secretaria-Geral da Presidência – Miguel Rossetto (PT): petista coordenou campanha de Dilma.
Acertou em cheio! Terá a missão de dar um novo fôlego a SG depois da desastrosa administração de Gilberto Carvalho. Além do mais, a presidenta tem muito mais afinidade com Rossetto do que com seu antecessor.
Desenvolvimento Agrário – Patrus Ananias (PT): petista é considerado o “pai” do Bolsa Família.
Acertou! Bola na rede! Esta é a prova que os programas sociais vão continuar sendo a tônica deste governo.
Relações Institucionais – Pepe Vargas (PT): petista vai coordenar as relações políticas.
Acertou. Mas terá um trabalho bem duro com um congresso disfuncional como o que se apresenta agora.
Comunicações – Ricardo Berzoini (PT): da cota do PT.
Acertou. Pela sua história fará de tudo para criação de uma agência reguladora da mídia, além de ter uma visão mais a esquerda sobre as concessões de rádio e democratização dos meios de comunicação. Na verdade terá bastante trabalho, pois estará pegando uma pasta de um antecessor que só fez esquentar a cadeira de ministro.
Previdência – Carlos Gabas (PT): da cota petista e de perfil técnico é funcionário de carreira da da Previdência.
Acertou e não Acertou. De perfil totalmente técnico, mas filiado ao PT e atuante na militância (diga-se de passagem somente durante as campanhas), consegiu o agrado dos companheiros do Partido e da presidenta por sua lealdade e competência adminstrativa como servidor público. Ganhou então de presente o cargo de sua vida… ministro (visto que o PMDB não quis mais esta vaga).
Ciência, Tecnologia e Inovação – Aldo Rebelo (PC do B).
Acertou. A presidenta tinha que agradar o PC do B é claro por ser aliado fiel do PT. No entanto, o PC do B deveria começar a diversificar as suas lideranças em cargos públicos. Aldo Rabelo promete ter a mesma energia quando ministro dos Esportes nesta nova pasta.
Educação – Cid Gomes (PROS): Dilma tem uma simpatia pelos Gomes.
Acertou. Pela lógica tinha que alojar um dos irmãos Gomes em algum Ministério. Apesar de ter sido um governador muito questionado pela mídia independente, especialmente pelo Blog da Dilma sediado no Ceará, tem a sua grande chance de fazer um trabalho de primeira na Educação.
Portos – Edinho Araújo (PMDB): ligado ao vice Michel Temer.
Acertou. Mas também não tinha muita opção visto que o vice Michel Temer está apadrinhando esta indicação.
Minas e Energia – Eduardo Braga (PMDB): peemedebista foi líder do governo no primeiro mandato.
Acertou. Tinha que colocar alguém neutro, mas com a certeza de que estaria ao lado do governo na defesa da Petrobrás. Engenheiro de formação foi um excelente governador do Amazonas com obras de infraestrutura significativas para o estado. No amazonas é conhecido por seu perfil grosseiro com as pessoas. Tem a simpatia de Dilma.
Aviação Civil – Eliseu Padilha (PMDB): ex-ministro de FHC, abriu dissidência na ala gaúcha do PMDB.
Acertou. Não terá muito trabalho com relação a aviação civil, pois o pesado foi feito anos anteriores em virtude da Copa do Mundo.
Esporte – George Hilton (PRB): integrante do PRB ganhou a pasta pelo apoio dado ao PT.
Errou feio. Pastor licensciado não sabe absolutamente nada sobre esta pasta.
Cidades – Gilberto Kassab (PSD): presidente do PSD.
Errou fundo! Totalmente incompetente e demonstrou isso quando prefeito de São Paulo.
Pesca – Helder Barbalho (PMDB): da cota do PMDB, é filho de Jader Barbalho.
Errou. Sem experiência, sem credibilidade, mas esta pasta poderá ajudá-lo a disputar a prefeitura de Belém no Pará, seu objetivo.
Defesa – Jaques Wagner (PT): foi o primeiro petista confirmado no núcleo duro do governo
Acertou. Mas a preferência seria a pasta de Relações Institucionais. Mas devido o seu nome ter sido ligado ao esquema de corrução da Petrobras, foi para o minstério da defesa.
Agricultura – Kátia Abreu (PMDB): sem apoio do núcleo central do PMDB, foi bancada por Dilma.
Errou muito. Esta será a maior furada deste governo. Os movimentos sociais prometem não dar folga a esta senhora.
Igualdade Racial – Nilma Lino Gomes (sem filiação partidária): é professora e pedagoga.
Acertou. Com certeza esta foi em homenagem a prefeita de S.F do Conde, Rilza Valentim, falecida ano passado.
Controladoria-Geral da União – Valdir Simão (sem filiação partidária): ligado ao PT, é secretário da Casa Civil.
Acertou.
Turismo – Vinicius Lajes (PMDB): da cota do PMDB.
Acertou.
Fazenda – Joaquim Levy (sem filiação partidária): de perfil ortodoxo, tem como função resgatar a confiança no País.
Acertou. Mas se não seguir a cartilha de Dilma não vai ficar muito tempo no cargo.
Planejamento – Nelson Barbosa (sem filiação partidária): cuidará integralmente das obras do PAC.
Acertou.
Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – Armando Monteiro (PTB): senador vai compor equipe econômica.
Acertou.
Banco Central – Alexandre Tombini (sem filiação partidária): foi mantido no cargo.
Acertou.
Relações Exteriores – Mauro Vieira: O novo ministro era embaixador do Brasil em Washington.
Errou. Deveria procurar um nome fora da carreira deplomática para buscar maior dinamismo nas relações comerciais com outros países.
Saúde – Arthur Chioro (PT).
Acertou.
Direitos Humanos – Ideli Salvatti (PT).
Acertou.
Trabalho – Manoel Dias (PDT).
Errou. Tinha que ter escolhido alguém ligado com as centrais sindicais.
Meio Ambiente – Izabella Teixeira (sem partido).
Errou. Esta pasta está muito inerte tendo a frente a funcionária de carreira Izabella Teixeira.
Políticas para as Mulheres – Eleonora Menicucci (PT). Acertou.
Micro e Pequena Empresa – Guilherme Afif Domingos (PSD). Acertou
Comunicação Social – Thomas Traumann (Sem filiação). Errou feio. Esta pasta precisa se deslocar mais a esquerda. O atual não demonstra nenhuma desenvoltura.
Desenvolvimento Social – Tereza Campello (PT). Acertou
Assuntos Estratégicos – Marcelo Côrtes Neri (Técnico do Ipea sem filiação partidária). Acertou
Advocacia-Geral da União – Luis Inácio Adams (PT). Acertou
Gabinete de Segurança Institucional – José Elito Carvalho Siqueira (Sem partido). Acertou
Casa Civil – Aloizio Mercadante (PT). Acertou
Justiça – José Eduardo Cardozo (PT). Errou. Esta pasta precisa de sangue novo e mais dinâmico. O ministro atual demosntra um certo medo em lidar com seus subordinados. Tem que deixar esta sindrome de “culpado”.

26
Nov
14

Atenção brasileiros e comunidade internacional: Açaí fruta nacional no Brasil

Acai

A Comissão de Cultura da Câmara dos deputados aprovou a proposta de que o açaí seja decretado fruta nacional. Agora o próximo passo é a Comissão de Costituíção e Justiça, que caso siga o parecer anterior,  seguirá para aprovação da presidenta Dilma.

Esta iniciativa busca assim, desmontar toda uma rede de pirataria, que há décadas trafica as riquezas amazônicas, patentiando nossos produtos e gerando bilhões de dividendos oriundos destes roubos.

Isso significa que o homem da floresta, o agricultor, o empresário, a população em geral e o governo brasileiro veem empresas estrangeiras se utilizarem de nossa propriedade sem obter nenhum lucro, ou sequer ter a liberdade de questionar o uso indevido da marca Açaí.

Assim como a feijoada, a caipirinha, o cupuaçú, e provalvelmente o açaí, esses serão símbolos nacionais que se identificam com o Brasil e que serão reconhecidos em qualquer mercado internacional. Criando-se uma identidade 100% brasileira e não Japonesa, Americana ou Alemã. Sendo estes os países que mais promovem o contrabando de nossas riquezas.

O Açaí é uma fruta típica da amazônia e é usada na industria alimentícia e de cosmético.

18
Nov
14

Deputados brasileiros são boycotados em Boston

Deputados brasileiros são boycotados em Boston.

18
Nov
14

Deputados brasileiros são boycotados em Boston

A visita de uma comitiva de deputados da câmara federal está sendo boycotada pela comunidade brasileira em Boston nos EUA.

imagesIJ9WUS08
A título de querer “conhecer” a comunidade brasileira e seus problemas, um grupo seleto de deputados, entre eles, o pastor deputado Marco Feliciano, deputado Pastor Eurico, Otávio Leite e Thiago Peixoto, em visita oficial pela câmara dos deputados desembarcaram nos EUA sob uma nuvem cinzenta, muito frio e muita chuva.
Vale aqui ressaltar que esta visita está sendo totalmente paga pelo dinheiro do povo brasileiro, visto que a seleta comitiva está em Boston a trabalho.
No entanto, muitos ativistas e grupos políticos levantaram suas vozes no sentido de questionar o consulado do Brasil em Boston que convocou uma reunião, na segunda dia 17 de novembro, para receber esses deputados, que diga-se de passagem estão ligados a pastores com Igrejas na terra do Tio Sam. “Trabalham de dia”, fazem cultos a noite e recolhem o dízimo em dolar.
O protesto generalizado tomou conta do debate, questionando-se o que esses senhores estariam fazendo em Boston e que estória é essa de agora em pleno final de ano vir aos EUA, sem uma pauta montada, sem um comunicado com antecedência de vinda dos mesmos, aparecendo assim de surpresa.
Acrescentaram-se ainda mais um agravante de não se querer (a comunidade brasileira em Boston),prestigiar deputados que defendem a homofobia e a ditadura que assolou o Brasil por décadas.
Resultado de tanta revolta? O Consulado do Brasil em Boston foi obrigado a cancelar a reunião por falta de quorum.
Vitória dos brasileiros conscientes que com a devida pressão mostrou ser incoerente a visita destes deputados que “nunca fazem nada pela gente” segundo um dos ativistas revoltados com a mordomia destes deputados que se encontram hospedados num dos hoteis mais caros no centro financeiro de Boston.

images28MZEANB
imagesCIV24CTR

02
Jan
14

Os 10 menos influentes em 2013

Estamos de volta com a lista mais esperada pelos leitores do nadandonapororoca. Veja quem foram os menos importantes do ano de 2013.

diogo-mainardi-300x292[1]10º Diogo Mainard – Jornalista radicado na Itália. Expert em falar mal do Lula. Não tem outro assunto na pauta.
images91XEYVWJ9º José Serra – Candidato derrotado a president. Derrotado para prefeitura de SP em 2012. E ex presidente do PSDB derrotado por Aécio Neves

paulo-skaf-440x314[1]8º Paulo Skaf – presidente da Fiesp. Elite podre da burguesia paulista.

DILMA / SUPER SIMPLES7º Renan Calheiros – Presidente do Senado pelo uso do avião da FAB para implantar cabelo.

Lobao[1]8º Lobão – Cantor e compositor e sem neurônio

453x332xaecio-neves-ditadura-militar.jpg.pagespeed.ic.5lBeLI2T2H[1]7º Aécio Neves – Por estar mais perdido do que cego em tiroteio

Miriam_Leitao01[1]6º Miriam Leitão – Anti Brasil, anti PT, anti povo e antipática

imagesECN4W8P35º Arnaldo Jabor – Por seu estilo tá tudo mal, que horror. Sai fora assombração…

images6OTKDXZ64º Eduardo Campos – Governador de Pernambuco. Aquele que meteu os pés pelas mãos em 2013.

images[10]3º Mônica Bergamo – Jornal Folha de SP – terroristas da mídia conservadora.

imagesT2B1AV152º Fernando Henrique Cardoso – Essse morreu e esqueceu de deitar no caxão

images6B92THNN1º Ministro Joaquim Barbosa (JB) – A grande vergonha do judiciário brasileiro.




%d bloggers like this: